Escrivã se demite por causa do “casamento” gay!

Escrivã se demite por causa do “casamento” gay! 
     Laura Fotusky se demitiu de seu emprego como escrivã de casamento, dizendo:
         “Não posso colocar minha assinatura em algo que está contra Deus”.
ALBANY, Nova Iorque, EUA, 13 de julho de 2011 — Reagindo às notícias de que a primeira escrivã de uma cidade do Estado de Nova Iorque, se demitiu em vez de assinar seu nome numa licença de “casamento” do mesmo sexo, o governador Andrew Cuomo, insistiu que “a lei é a lei”.
“Quando nós impomos a obediência às leis do nosso estado, não temos a permissão de decidir quais leis escolher”, disse o governador, de acordo com o jornal NY Daily News. “Não temos permissão de dizer: Gosto desta lei e imporei a obediência a ela, ou não gosto dessa lei e não imporei obediência a ela’ não podemos fazer isso. Portanto, se você não pode impor a obediência à lei, então você não deve estar nesse cargo”, disse ele.
Laura Fotusky, a escrivã na cidade de Barker, anunciou sua demissão no site New Yorkers for Constitutional Freedoms (Nova-Iorquinos a favor das Liberdades Constitucionais). “Não posso colocar minha assinatura em algo que é contra Deus”, ela escreveu em sua carta de demissão. “A Bíblia ensina claramente que Deus criou o casamento entre homem e mulher como um presente divino que preserva as famílias e as culturas. Eu estaria abrindo mão da minha consciência moral se participasse dos procedimentos de licenciamento (dos “casamentos” gays”, acrescentou ela.
Laura Fotusky, que foi nomeada a primeira vez em 2007, disse que se demitirá na data de 21 de julho, três dias antes de a lei entrar em vigor. “Tive de escolher entre meu Deus e meu emprego”, ela disse para o jornal PressConnects.
O Rev. Jason J. McGuire, diretor-executivo de Nova-Iorquinos a favor das Liberdades Constitucionais, disse: “É lamentável que quando os senadores estaduais estavam ocupados protegendo os interesses especiais dos esquerdistas e enchendo suas contas de campanhas, que eles tivessem cometido negligência ao não protegerem as pessoas religiosas e boas”.
A assembleia legislativa aprovou a Lei de Igualdade do Casamento em 24 de junho, tornando-o o sexto estado dos EUA a reconhecer o “casamento” homossexual, além do Distrito de Colúmbia.
Dentro de dias, uma escrivã da cidade de Volney, perto da cidade de Syracuse, anunciou que estava lutando para proteger seu direito de não assinar as licenças. “Se há qualquer jeito possível de não fazer isso legalmente, então sim, eu não ia querer colocar meu nome em nenhuma dessas certidões ou documentos”, disse Barbara MacEwen para o site Politico. “Essa é a vida deles, eles podem fazer isso, mas não sinto que eu deva ser forçada a fazer algo que é contra meus valores morais e contra meu Deus”.
Contudo, como resultado do esforço de MacEwen o promotor público do Condado de Nassau enviou uma carta para os escrivães da cidade na semana passada avisando que eles enfrentariam processos criminais se recusassem a assinar as licenças.
A Lei de Igualdade do Casamento “não concede nenhuma liberdade de escolha para os funcionários públicos encarregados de dar licenças de casamento”, escreveu Kathleen Rice.
“As isenções religiosas na Lei de Igualdade do Casamento, não se aplicam aos escrivães municipais que trabalham em seus papéis de dar licenças”, continuou ela, “e a recusa intencional de um funcionário público de dar licenças de casamento para duplas homossexuais qualificadas pode constituir em má conduta, uma contravenção de primeira categoria conforme vem definida na seção 195.00 da Lei Penal do Estado de Nova Iorque”.
O governador Cuomo, disse aos jornalistas que a lei tem prioridade sobre as convicções religiosas dos funcionários públicos. “Se você está dizendo que vai agir de acordo com suas convicções religiosas e não de acordo com a lei do estado, então você não pode trabalhar num cargo em que você tem a obrigação de impor a obediência à lei, certo?” disse ele, de acordo com o NY Daily News. “Pois as leis têm de estar acima de tudo, e têm de estar acima de suas convicções religiosas”.
Os direitos de liberdade de consciência dos funcionários públicos que lidam com licenças de casamento estão rotineiramente sendo pisados em jurisdições em que se permitem os “casamentos” de mesmo sexo.
Quando o “casamento” gay foi introduzido na Califórnia em 2008, vários municípios fecharam suas repartições que faziam cerimônias de casamento em vez de enfrentarem repercussões legais por recusarem agradar às duplas homossexuais.
Na Inglaterra, uma escrivã sofreu derrota após anos de processos, depois que seu empregador ameaçou demiti-la por reorganizar sua escala a fim de não participar da concessão de licenças de casamento para homossexuais.
No começo deste ano em Saskatchewan, no Canadá, o governo provincial decidiu não recorrer de uma decisão de tribunal que disse que os comissários de casamento na província não tinham permissão de escolher não participar da realização de “casamentos” gays. O tribunal havia dito que permitir que comissários recusem realizar “casamentos” de mesmo sexo envia “uma mensagem forte e sinistra” de que “os gays e as lésbicas são menos dignos de proteção como indivíduos na sociedade canadense”.
Num distrito de Amsterdã, onde o “casamento” gay é legalmente reconhecido desde 2007, comissários de casamento são denunciados e obrigados a passar por uma avaliação anual para garantir total cooperação com a mudança da lei, depois que houve suspeita de que duas funcionárias haviam mostrado resistência.
Fonte: Patrick B. Craine
Pr. Benedito Campos
Anúncios
Publicado em Notícias do mundo Gospel | 3 Comentários

Curiosidades Bíblicas – Você Sabia?

Curiosidades Bíblicas – Você Sabia?

1. Quais os livros da Bíblia que tem apenas 1 capítulo?
R: Obadias, Filemom, II João, III João e Judas.
2. Quais os livros da Bíblia que terminam com um ponto de interrogação?
R: Lamentações, Jonas e Naum.
3. Qual o menor livro da Bíblia?
R: II João (possui somente 13 versículos).
4. Qual o maior livro da Bíblia?
R: Salmos (possui 150 capítulos).
5. Qual o menor capítulo da Bíblia?
R: Salmo 117 (possui 2 versículos).
6. Qual o maior capítulo da Bíblia?
R: Salmo 119 (possui 176 versículos).
7. Qual o menor versículo da Bíblia?
R: Jó 3:2 (possui 07 letras).
8. Qual o maior versículo da Bíblia?
R: Ester 8:9 (possui 415 caracteres).
9. Quantas palavras a Bíblia contêm aproximadamente?
R: 773.693 palavras.
10. Quantas letras a Bíblia contêm aproximadamente?
R: 3.566.480 letras.
11. Quantos capítulos e quantos versículos a Bíblia possui?
R: 1.189 capitulos e 31.102 versículos.
12. Em quais os livros da Bíblia não encontramos a palavra Deus?
R: Ester e Cantares de Salomão.
Gênesis
13. Quem foi o primeiro bígamo citado na Bíblia e quais eram os nomes das esposas?
R: Lameque. Ada e Zilá. Gênesis 4:19.
14. Quem foi o pai dos que habitam em tendas e possuem gado?
R: Jabal. Gênesis 4:20.
15. Quem foi o pai de todos os que tocam harpa e flauta?
R: Jubal. Gênesis 4:21.
16. Quem era rei e sacerdote ao mesmo tempo?
R: Melquisedeque. Gênesis 14:18.
17. Qual é a única mulher cuja idade é mencionada na Bíblia?
R: Sara. Gênesis 23:1.
18. Onde lemos na Bíblia de camelos se ajoelhando?
R: Gênesis 24:11.
19. Quais os nomes dos filhos de Abraão?
R: Zinrá, Jocsã, Medã, Midiã, Jisbaque, Sua (filhos de Quetura), Isaque (filho de Sara) e Ismael (filho de Hagar). Gênesis 25:2,9.
Êxodo
20.
Qual a mãe que recebeu um salário para criar o seu próprio filho?
R: Joquebede, mãe de Moisés. Êxodo 2:8,9,10.
21. Qual o nome do homem acusado por sua esposa de derramar sangue?
R: Moisés. Êxodo 4:24,25.
22. Qual o sobrinho que se casou com a sua tia?
R: Anrão, pai de Moisés. Êxodo 6:20.
23. Onde se lê na Bíblia que as águas, por serem amargas, não serviam para consumo, porém tornaram-se doces depois?
R: Êxodo 15:23,24,25.
24. Onde se encontra a lei, por meio da qual um escravo ganhava liberdade por perder um dente?
R: Êxodo 21:27.
25. Onde se lê na Bíblia que os israelitas foram advertidos para obedecerem a um Anjo?
R: Êxodo 23-20,21.
Números
26. Qual o rei teve os seus inimigos abençoados pelo profeta que ele tinha chamado para os amaldiçoar?
R: Balaque, rei de Moabe. Números 22-5,6,12 + Números 23:11,12.
27. Qual o cavaleiro que teve o seu pé imprensado contra o muro?
R: Balaão. Números 22:25.
– A Bíblia se divide em duas partes: Antigo Testamento e Novo Testamento. Tem 66 livros, sendo 39 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento.
– O Salmo 119 tem, em hebraico, 22 seções de oito versículos. Cada uma das seções inicia com uma letra do alfabeto hebraico, de 22 letras. Dentro das seções, cada versículo inicia com a letra da seção.
– Que “o caminho de um sábado” era o caminho permitido no dia de sábado; a distância que ia da extremidade do arraial das tribos ao tabernáculo, quando no deserto, isto é, cerca de 1.200 metros.  – O capítulo 19 de II Reis é igual ao 37 de Isaías.
– No livro Lamentação de Jeremias, os capítulos 1, 2 e 4 têm versículos em número de 22 cada, compreendendo as letras do alfabeto hebraico. O capítulo 3 tem 66 versículos, levando cada três deles, em hebraico, a mesma letra do alfabeto.
– A Menor Bíblia A menor Bíblia existente foi impressa na Inglaterra e pesa somente 20 gramas. Este fabuloso exemplar da Bíblia mede 4,5 cm de comprimento, 3 cm de largura e 2 cm de espessura. Apesar de ser tão pequenina, contém 878 páginas, possui uma séria de gravuras ilustrativas e pode ser lida com o auxílio de uma lente.
– A Maior Bíblia A maior Bíblia que se conhece, contém 8.048 páginas, pesa 547 quilos e tem 2,5 metros de espessura. Foi confeccionada por um marceneiro de Los Angeles, durante dois anos de trabalho ininterrupto. Cada página é uma delgada tábua de 1 metro de altura, em cuja superfície estão gravados os textos.
– Vamos Ler a Bíblia ? A Bíblia contém 31.000 versículos e 1.189 capítulos. Para sua leitura completa, são necessárias 49 horas, a saber, 38 horas para a leitura do Velho Testamento e 11 horas para a do Novo Testamento. Para lê-la audivelmente, em velocidade normal de fala, são necessárias cerca de 71 horas. Se você deseja lê-la em 1 ano, deve ler apenas 4 capítulos por dia.
– Tradução: Você sabia que das 2.000 líguas e dialetos falados no mundo, cerca de 1.200 já possuem a Bíblia ou textos bíblicos traduzidos?
– O nome “Bíblia” vem do grego “Biblos”, nome da casca de um papiro do século XI a.C.. Os primeiros a usar a palavra “Bíblia” para designar as Escrituras Sagradas foram os discípulos do Cristo, no século II d.C.;
– Ao comparar as diferentes cópias do texto da Bíblia entre si e com os originais disponíveis, menos de 1% do texto apresentou dúvidas ou variações, portanto, 99% do texto da Bíblia é puro. Vale lembrar que o mesmo método (crítica textual) é usado para avaliar outros documentos históricos, como a Ilíada de Homero, por exemplo;
– É o livro mais vendido do mundo. Estima-se que foram vendidos 11 milhões de exemplares na versão integral, 12 milhões de Novos Testamentos e ainda 400 milhões de brochuras com extratos dos textos originais;
– Foi a primeira obra impressa por Gutenberg, em seu recém inventado prelo manual, que dispensava as cópias manuscritas;
– A divisão em capítulos foi introduzida pelo professor universitário parisiense Stephen Langton, em 1227, que viria a ser eleito bispo de Cantuária pouco tempo depois. A divisão em versículos foi introduzida em 1551, pelo impressor parisiense Robert Stephanus. Ambas as divisões tinham por objetivo facilitar a consulta e as citações bíblicas, e foi aceita por todos, incluindo os judeus;
– A Bíblia foi escrita e reproduzida em diversos materiais, de acordo com a época e cultura das regiões, utilizando tábuas de barro, peles, papiro e até mesmo cacos de cerâmica;
– Com exceção de alguns textos do livro de Ester e de Daniel, os textos originais do Antigo Testamento foram escritos em hebraico, uma língua da família das línguas semíticas, caracterizada pela predominância de consoantes;
– A palavra “Hebraico” vem de “Hebrom”, região de Canaã que foi habitada pelo patriarca Abraão em sua peregrinação, vindo da terra de Ur;
– Os 39 livros que compõem o Antigo Testamento (sem a inclusão dos apócrifos) estavam compilados desde cerca de 400 a.C., sendo aceitos pelo cânon Judaico, e também pelos Protestantes, Católicos Ortodoxos, Igreja Católica Russa, e parte da Igreja Católica tradicional;
– A primeira Bíblia em português foi impressa em 1748. A tradução foi feita a partir da Vulgata Latina e iniciou-se com D. Diniz (1279-1325).
– A primeira citação da redondeza da terra confirmava a idéia de Galileu, de um planeta esférico. Bastava que os descobridores conhecessem a bíblia. (Isaías 40:22)
– Davi, além de poeta, músico e cantor foi o inventor de diversos instrumentos musicais. (Amós 6:5)
– O tio e a tia de Jesus se tornaram “crentes” na sua pregação antes de sua crucificação. (Lucas 24:13:18, João19:25)
-O nome “cristão” só aparece três vezes na Bíblia. (Atos 11:26, Atos 26:28 e I Pedro 4:16)
– A “Epístola da Alegria” , a carta de Paulo aos Filipenses, foi escrita na prisão e as expressões de alegria aparecem 21 vezes na epístola.
– Quem dá aos pobres, empresta a Deus, e Ele lhe pagará. (Provérbios 19: 17)
– O trânsito pesado e veloz, os cruzamentos e os faróis acesos aparecem descritos exatamente como nos dias de hoje. (Naum 2:4)
– A mensagem através de “out-doors” é uma citação bíblica detalhada. (Habacuque 2:2)
– Quem cortou o cabelo de Sansão não foi Dalila, mas um homem. (Juízes 16: 19)
– O nome mais comprido e estranho de toda a bíblia é Maersalalhasbas – filho de Isaias.(Isaías 8:3-4)
– Você sabia que a palavra fé é encontrada apenas quatro vezes no Antigo Testamento?
(Hc 2:4; Jz 9:16, 9:19; e 1Sm 21:5)
– Você sabia que a palavra “DEUS” aparece 2.658 vezes no V.T. e 1.170 vezes no N.T. num total de 3.828 vezes?
– Há na Bíblia 177 menções ao diabo em seus vários nomes.
– O maior versículo é no livro de Ester capítulo 8 versículo 9.
– O menor versículo é no livro de Êxodo capíluto 20 versículo 13.
– O versículo central da Bíblia é o Salmo cap: 118 ver:8, o qual divide a mesma ao meio.
– Os livros de Ester e Cantares de Salomão não possuem a palavra DEUS.
– A expressão “Assim diz o Senhor” e equivalentes encontram-se cerca de 3.800 vezes na Bíblia.
– A Vinda do Senhor é referida 1845 vezes na Bíblia, sendo 1.527 no Antigo Testamento e 318 no Novo Testamento.
– A Palavra “Senhor” é encontrada na Bíblia 1.853 vezes e “Jeová (YHVH)” 6.855 vezes.
– A expressão “Não Temas!” é encontrada 366 vezes na Bíblia, o que dá uma para cada dia do ano!
– No Salmo 107 há 4 versículos iguais: 8, 15, 21 e o 31.
– Todos os versículos do Salmo 136 terminam da mesma maneira.
– Para aprender mais, LEIA A BÍBLIA!
Autor: Desconhecido
Publicado em Curiosidades | Deixe um comentário

Igreja faz ordenação de lésbica‏

 

Eva Brunne, recebe o comando da diocese de Estocolmo do arcebispo da Suécia, Anders Wejryd

ESTOCOLMO: A Igreja Luterana Sueca, informa ter ordenado seu primeiro bispo abertamente gay (bispa lésbica), apenas duas semanas depois de ter dado a seu clero o direito de formar casais homossexuais.  E com isso, Eva Brunne, foi ordenada episcopisa da diocese de Estocolmo, em cerimônia realizada.

Eva Brunne, vive em “parceria registrada” com outra mulher.  A “parceria” é um tipo de união civil entre lésbicas e gays suecos, usada antes da legalização do casamento homossexual, o que ocorreu neste ano.  O casal tem um filho. “É muito positivo que nossa Igreja dê o exemplo aqui e me escolha para o episcopado com base em minhas qualificações, quando se sabe que pode haver resistência em alguns setores”, disse Eva, em entrevista.

A porta-voz da episcopisa, Annika Sjoqvist Platzer, disse desconhecer, se outras lésbicas assumidas, já haviam atingido o episcopado em igrejas de outros países. No entanto, a Igreja Unida de Cristo, uma denominação baseada nos Estados Unidos, tem diversos gays e lésbicas no posto de “ministro da conferência”, uma designação semelhante à de bispo, disse o porta-voz J. Bennett Guess.

Eva Brunne, que foi eleita episcopisa de Estocolmo em maio/2009, mas só recebeu a ordenação oficial  agora, onde disse não ter encontrado muita resistência dentro da Igreja por conta de sua orientação sexual.

A Igreja Sueca se tornou mais aberta para as minorias sexuais em anos recentes, embora alguns sacerdotes ainda apresentem resistência.  O ex-arcebispo Gunnar Weman, protestou contra a ordenação, dizendo que ela é “incompatível com a sagrada escritura da Igreja”. A Igreja da Suécia tem cerca de 7 milhões de membros, mas poucos assistem aos cultos, em um país amplamente secularizado.

Publicado em Diversos, Notícias do mundo Gospel | 4 Comentários

Alerta: Pastor é preso!!!

Lei c/ intolerância religiosa faz primeiras vítimas no Brasil

Um pastor no Rio de Janeiro foi preso sob acusação de discriminação contra a umbanda e contra o candomblé.  A prisão temporária foi decretada pela 20ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, por incitação ao crime de intolerância religiosa, com base no artigo 20, da Lei Caó — que torna o crime de discriminação religiosa inafiançável e imprescritível.  O pastor foi preso juntamente com um membro de sua igreja, o jovem negro Afonso Henrique Alves Lobato, de 25 anos.

A prisão foi feita por ordem da delegada Hellen Rosemberg, que mandou cercar a Igreja Geração de Jesus Cristo durante a realização de um culto.  Quando o culto terminou, os dois evangélicos foram presos.

Segundo informações, o pastor Tupirani da Hora Lores, de 43 anos, e Afonso Henrique Alves Lobato, são acusados de incitar o preconceito contra as religiões afro-brasileiras e de atacar publicamente a polícia e as Forças Armadas.

A prisão foi efetuada com base em vídeo que Afonso postou na internet, onde de acordo com a imprensa ele fez afirmações como:  “centro espírita é lugar de invocação do diabo; todo pai de santo é homossexual; a Bíblia diz que a adoração por imagens e esculturas é abominação, então eu repudio aquelas imagens também. Todo centro espírita é lugar de invocação do Diabo”, disse Afonso Henrique Lobato no vídeo.  Além disso, ele fez comentários sobre a polícia:  “Aqueles policiais militares ignorantes pensam que são autoridade, mas para a igreja não são autoridade”.

Em entrevista ao jornal EXTRA, do grupo Globo, o pastor Tupirani declarou que sabia do vídeo elaborado pelo membro de sua igreja, mas ele não quis interferir na divulgação do vídeo, pelo contrário, o pastor defendeu Afonso Henrique dizendo que o jovem tinha o direito de se expressar livremente.  Mais tarde, segundo a imprensa, a polícia descobriu que o pastor Tupirani, também havia divulgado na internet um vídeo em que ele declara que não reconhece as leis humanas, mas só a Bíblia. “Eu não respeito satanismo; se alguns vão chamar isso de religião, é problema deles”, disse ele no vídeo.

Já o pai-de-santo Ivanir dos Santos, membro da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), disse que:  “Esse tipo de atitude é um risco à democracia”.

O delegado Henrique Pessoa, representante da Polícia Civil na Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), disse que as imagens obtidas na internet foram importantes no inquérito.  “Eles produziram provas contra si mesmos.  Sem isso, seria muito mais difícil provar a incitação ao crime.  Foi uma vitória, porque em geral o incitador fica isento de qualquer punição”.

Para o promotor de justiça Márcio José Nobre, o delegado foi comunicado da existência do vídeo, que agora é a principal base da acusação, pela CCIR, composta também por adeptos do candomblé e da umbanda.  “A prisão dos dois acusados visa a garantir a ordem pública.  Esses dois indivíduos estavam usando a internet para difundir suas idéias nefastas e incentivar a violência e a intolerância religiosa.”

O pai-de-santo Caio de Omulu, disse também que:  “os mais atingidos pela intolerância religiosa têm sido os umbandistas e as religiões afro-brasileiras”, e elogiou a atuação da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) e parabenizou os pais-de-santo Etiene Sales e José Carlos Godinho, que são membros atuantes da Comissão.

Precedente perigoso contra os cristãos

Esse é o primeiro caso decisivo onde uma lei contra a “intolerância religiosa”, faz vítimas no Brasil.  Se condenados, o pastor e o jovem negro poderão passar entre dois e cinco anos na cadeia e terão de pagar multa, ainda podendo ser condenados civilmente a indenizar pais-de-santo.

De acordo com a Folha de São Paulo, o caso ganhou tanta atenção da mídia e do governo que, aproveitando a oportunidade, a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa entregou ao presidente do Conselho de Direitos Humanos da ONU, Martin Uhomoibai, e à Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, um relatório que diz existir uma ditadura religiosa promovida pelos neo-pentecostais no Brasil.  O documento aponta a Igreja Universal do Reino de Deus como propagadora da intolerância religiosa no país, incitando a perseguição, o desrespeito e a demonização, especialmente da umbanda e do candomblé.

O relatório entregue à ONU acusa de “racismo” a Igreja Universal do Reino de Deus e as igrejas evangélicas brasileiras que pregam contra as práticas e crenças da umbanda e do candomblé, onde Martin Uhomoibai prometeu investigar as denúncias e lembrou que o governo Lula é exemplo no mundo inteiro pelas ações de combate ao racismo e à discriminação.

Não é a primeira vez que a ONU recebe esse tipo de queixa do Brasil.  No dia 20/Abril/2009, representantes do governo do Brasil estiveram presentes na conferência da ONU contra o racismo, em Genebra, na Suíça.  Um dos palestrantes, o presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad, acusou, como sempre, a nação de Israel de “racismo”.  Em protesto, várias delegações se retiraram.  A delegação do Brasil não se retirou por respeito à amizade entre Ahmadinejad e Lula, e um de seus membros, o pai-de-santo Ivanir dos Santos, acusou oficialmente os evangélicos do Brasil de “racismo”.  Veja abaixo o que ele disse:

“Um novo tipo de perseguição religiosa no Brasil, que tem como alvo os terreiros de candomblé e os praticantes de cultos africanos, em atos provocados por neo-pentecostais.  O Brasil é o único país que mantém o culto trazido pelos escravos e essa prática tem de ser defendida”.

E o pastor assassinado por pai-de-santo:  Cadê a lei contra “intolerância” religiosa?

Claro que o pai-de-santo Ivanir ficou e ainda está de boca fechada com relação ao caso do pastor que foi assassinado por um pai-de-santo no dia 20/Dezembro/2008.  O assassinado aconteceu no Estado do Rio Grande do Sul, onde o pastor Francisco de Paula Cunha de Miranda, de 47 anos, que era negro, estava no 33º dia de jejum de uma campanha de oração, quando o pai-de-santo Júlio César Bonato, sob possessão da entidade “cultural” exu caveira, saiu do terreiro em pleno ritual para ir até o pastor que estava bem fraco devido ao longo jejum, e foi morto a golpes de faca.  E em seguida o pai-de-santo voltou a seu ritual com sua faca ritualística ensangüentada.

Se fosse o crime de um pai-de-santo assassinado por um pastor, a mídia brasileira e o governo Lula não parariam de fazer barulho.  E o pai-de-santo Ivanir dos Santos estaria gritando na ONU, usando e abusando do “exemplo” do ódio dos evangélicos à “cultura” afro-brasileira.

Entretanto, esse não foi o caso, de modo que o governo Lula e a mídia dispensam o barulho.  Aliás, eles optaram pelo abafamento.  Até agora o caso do pastor negro não chegou à grande imprensa brasileira.  E se algum dia chegar, darão um jeito de culpar a vítima, que está morta e não pode se defender.

Enquanto isso, facadas estatais e midiáticas atacam e silenciam toda tentativa de alerta cristão contra a séria ameaça da feitiçaria!!!

Publicado em Diversos, Notícias do mundo Gospel | 5 Comentários

Video Impressionante: o maior guru de todos os tempos antecipou as crises…

Atualmente centenas de pessoas encontram-se enfadadas de ouvir mensagens e pregações que consideram ultrapassadas, estão a procura de “novidades e inovações, Porem  Aleluia! A Palavra de Deus permanece para sempre (1 Pe 1.24,25)!

Publicado em Diversos, Notícias do mundo Gospel | 1 Comentário

Acupuntura, deve o cristão fazer ?

Acupuntura
Método taoísta que choca-se com as Escrituras

Milhões de pessoas em todo o mundo, milhares no Brasil, buscam a cura de suas enfermidades por meio da medicina oriental, pois defendem que tais tratamentos são tão eficientes quanto a medicina tradicional. O problema é que a esmagadora dessas terapias têm raízes esotéricas. No momento, a acupuntura é, delas todas, a mais popular.

Apesar de afirmar que objetiva a restauração da saúde por meio da aplicação de agulhas em pontos estratégicos do corpo que, segundo os especialistas, estimulam o sistema nervoso, aliviando dores e solucionando problemas orgânicos e psíquicos, a acupuntura, que tem seu berço na China e na Índia, se apóia na premissa de que tais agulhas são para estimular pontos do corpo denominados no hinduismo chacras e no taoísmo, meridianos. Nas duas culturas, esses pontos são vistos como fortes locais energéticos, e as agulhas supostamente tocam no chi ou “espírito”, também chamado “força”.

Segundo os taoístas, as enfermidades são ocasionadas por falta de equilíbrio nesses pontos. Mas que equilíbrio? De acordo com os acupunturistas, o equilíbrio das energias negativas (yin) e positivas (yang). O que está em foco é o princípio esotérico do yin-yang o que por si só já compromete para o cristão o uso da acupuntura.

Vale lembrar ainda que algumas sessões de acupuntura, não todas, se utilizam de música oriental e velas na consulta, e o satanismo aproveita esse princípio oriental para um de seus rituais. Sendo que, no satanismo, os pontos energéticos são chamados “portais”, que são abertos por meio de rituais consagratórios oferecidos a demônios, e o uso das agulhas visa ao controle de entidades espirituais.

EFICÁCIA QUESTIONÁVEL

A acupuntura é uma forma de tratamento utilizada há mais de 5 mil anos e reconhecida no Brasil em 1995 como especialidade médica pelo Conselho Federal de Medicina. Na Medicina Tradicional Chinesa, ela está inserida como um dos cinco eixos do tratamento: (1) acupuntura e moxa, (2) massagens e exercícios, (4) herboterapia e (5) meditação.

Há alguns cristãos que afirmam que se a acupuntura não envolver nenhum aspecto de conotação mística, como meditações etc., não há problema de ser utilizada. Porém, há ainda o problema da sua real eficácia. Apesar de a acupuntura estar aprovada pelo Conselho Federal de Medicina desde 1995, para ser usada por médicos especialistas credenciados, seus resultados ainda são questionáveis.

Conquanto os defensores da acupuntura afirmem que há até estudos que comprovam que a técnica é eficiente no tratamento de dependentes químicos, podendo, em seis meses, contribuir para a total abstinência das drogas, há quem declare também (e são muitos) que o método em nada serviu para melhorar sua situação. Quando o tratamento falha, os acupunturistas, via de regra, dizem que o problema é dos pacientes, que não se dedicaram plenamente ao tratamento.

Para conseguir a aprovação do Conselho Federal de Medicina, os acupunturistas justificaram cientificamente o método, explicando que os chamados “pontos de energia” seriam, na verdade, locais específicos onde estão localizados os nervos ligados aos sistemas nervosos Central e Periférico. O uso das agulhas nesses pontos geraria pequenos estímulos elétricos que contribuiriam para a produção de substâncias responsáveis pela reabilitação do paciente. O processo seria puramente fisiológico e, se o tratamento falha, é por causa da interrupção do tratamento.

Ora, se não funciona é porque não se foi até o fim do tratamento? Isso soa como uma forma clara de prender o cliente, criando uma dependência psicológica.

BASE FILOSÓFICA DA ACUPUNTURA

O taoísmo, base filosófica da acupuntura, a partir da qual essa técnica foi criada, se baseia no sistema politeísta e filosófico de crenças que assimilam os antigos elementos místicos e enigmáticos da religião popular chinesa, tais como a magia, a alquimia, o culto aos ancestrais e os rituais de exorcismo. Mesmo não sendo uma religião mundialmente popular, seus ensinos têm influenciado muitas seitas modernas.

Segundo historiadores orientais, o taoísmo tem sua origem por volta de 550aC, nos ensinamentos do mestre chinês Erh Li ou Lao Tsé (“velho mestre”), um contemporâneo de Confúcio e em torno do qual existem várias lendas. A mais famosa é de que ele já teria nascido velho. Erh Li teria nascido no sul da China em 604aC, e detinha uma posição de destaque no governo chinês, como superintendente judicial dos arquivos imperiais em Loyang, capital do Estado de Ch’u. Dizem os historiadores que Li era contra a tirania dos regentes chineses e pregava a necessidade de uma vida simples para as pessoas, “sem honrarias ou conhecimento”. Como forma de corroborar seu ensino, ele renunciou a seu cargo para voltar para casa.

Diz a lenda que, ao chegar à fronteira da província em direção ao Tibet, foi parado por um policial, seu amigo Yin-hsi, que não o deixou passar até que Li escrevesse seus ensinamentos. Assim, dizem, aos 80 anos, pôs-se a escrever seus ensinos, serviço que teria durado três dias. Ao final, a obra continha 5,5 mil palavras e foi denominada de Tao te Ching, “O caminho e seu poder” ou “O caminho e princípios morais”. Depois, Li teria partido para não mais voltar. Li, que ficou conhecido como Lao Tsé, foi canonizado pelo imperador chinês Han.

Uma das doutrinas de Tao te Ching, afirma que deve-se resistir aos problemas sendo completamente passivo, aceitando-os e vivendo sem ambições. O taoísmo religioso, chamado Tao Ciao, surgiu na dinastia do imperador Han, no segundo século. Tchuang-tseu, filósofo chinês e discípulo fervoroso de Lao Tsé, é o responsável por disseminar o taoísmo a partir do terceiro século, tendo escrito 33 livros sobre a filosofia de Lao Tsé, com 1.120 volumes, formando o Cânon Taoísta. Segundo Tchuang-tseu, “o Tao te Ching é a fonte da sabedoria e a solução para todos os problemas da vida”.

Na morte de sua esposa, Tchuang-tseu escreveu, como prova de sua crença no taoísmo: “Como posso me comover com sua morte? Originalmente ela não tinha vida, nem forma, e nem força material. No limbo da existência e não-existência havia transformação, e a força material estava envolvida. A força material se transformou em forma, a forma em vida, e o nascimento em morte. Da mesma maneira que acontece com as estações do ano. Ela agora dorme em grande casa, o universo. Para eu estar chorando e pranteando, será mostrar minha ignorância do destino. Por isso eu me abstenho”.

O taoísmo ensina ainda que tudo no universo é composto pelos elementos opostos do yin e yang. O lado positivo é o yang, e o negativo, o yin. Assim, os chineses conceberam o universo como sendo ativado por dois princípios básicos, que seriam qualidades opostas, mas complementares. Afirmam eles que tudo o que vemos só existe em virtude da constante influência mútua dessas duas forças. O yin e o yang estariam contidos no Tao, que seria o princípio básico de todo o universo, “o começo e o fim, o princípio sem princípio, o que não pode ser expressado e o que tudo abarca”.

Ainda de acordo com a filosofia taoísta, o ser humano é um todo que não pode ser dividido ou entendido em uma dualidade, como corpo e alma separados. Por isso o taoísmo trata com igual importância e como se fora uma só entidade todas as manifestações físicas e psíquicas, o que é a base filosófica da acupuntura. Segundo esse ensinamento, a acupuntura cura porque facilitaria essa harmonia, o que levaria a pessoa a uma melhor compreensão de si mesmo – a base busca do auto-conhecimento, a procura do “Eu interior”, doutrina bastante propalada pela Nova Era.

Segundo o taoísmo, o corpo humano possui 360 pontos distribuídos em linhas. A acupuntura estimularia esses pontos, com base nos princípios taoístas, para aliviar sintomas e dores. O taoísmo está presente ainda hoje na vida cultural é política da China, através de manifestações populares como o chi-kung, arte de autoterapia; o wu-wei, prática da inação; a ioga, as artes marciais wu-shu ou kung fu e a acupuntura.

ACUPUNTURA CHOCA-SE COM A BÍBLIA

À luz da Palavra de Deus, há inúmeros equívocos na acupuntura e no taoísmo. Como já citamos, segundo Tchuang-tseu, filósofo sistematizador e divulgador do taoísmo, “o Tao te Ching é a fonte da sabedoria e a solução para todos os problemas da vida”. Ora, a Palavra de Deus é que é a única regra de fé e prática do cristão (Salmo 119.105).

O credo do taoísmo é: “Sujeite-se ao efeito, e não busque descobrir a natureza da causa”. Em outras palavras, taoísmo é uma religião anti-intelectual, que leva o homem a contemplar e se sujeitar às leis aparentes da natureza em vez de tentar compreender a estrutura desses princípios. A Bíblia não reprova o uso da razão (Romanos 12.1-2) nem ensina uma passividade constante diante da vida (Romanos 12.2).

Segundo os ensinamentos do taoísmo, o Tao (caminho) é a única fonte do universo, eterno e determinante de todas as coisas. Apesar de não reconhecer um Deus criador, os princípios do Tao eventualmente têm o conceito de Deus. Lao Tsé escreveu: “Antes do céu e da terra existirem, havia algo nebuloso… Eu não sei o seu nome, e eu o chamo de Tao”. Porém, o Deus da Bíblia não é uma energia impessoal ou uma combinação de forças positivas e negativas (Isaías 43.15).

Utilizando-se dessa filosofia, os acupunturistas vêem a saúde fisiológica como a evidência do equilíbrio do yin e yang. Se esses elementos estão em desarmonia, desequilibrados, as enfermidades aparecem. Logo, dizem para restaurar a saúde é necessário haver uma “ruptura no fluxo do yin e yang”, o qual é realizado por meio das agulhas inseridas no corpo na técnica da acupuntura. Dessa forma; ensinam que o equilíbrio dos elementos podem ser restabelecidos pelo tratamento, fazendo com que a força do Tao possa fluir livremente no corpo da pessoa, trazendo-lhe a cura. Porém, essa filosofia é frontalmente contrária à Teologia bíblica.

Deus é onipotente e a fonte de todo o bem. Lúcifer, hoje Satanás, foi criado por Deus e por isso tem limites quanto à sua autoridade e poder. Como fonte do mal, o Diabo se opõe ao Reino de Deus. Ele não é, nunca foi e nunca será igual a Deus, nem se harmonizará em poder em sua oposição a Ele.

Além disso, a Bíblia não fala nada sobre pontos específicos do corpo. A Bíblia não fala nada sobre equilíbrio das energias vitais ou corporais. Ela afirma que o ser humano é corpo, alma e espírito, e só.

Assim sendo, deve o cristão se tratar por meio desse tipo de técnica, com raízes esotéricas e ocultistas? Sem dúvida, não.

Fonte: Resposta Fiel (CPAD) – 2006.

Publicado em Diversos | Deixe um comentário

Para Refletir

Não é engraçado como R$ 10,00 parece tanto quando o levamos à igreja e tão
pouco quando vamos ao shopping?

Não é engraçado como uma hora é tão
longa quando servimos a Deus, mas tão curta quando assistimos a um jogo
de futebol?

Não é engraçado como não achamos as palavras quando oramos, mas
elas estão sempre na ponta da língua para conversarmos com um amigo?

Não é engraçado sentirmos
tanto sono ao ler um capítulo da Bíblia mas é fácil ler
100 páginas do último romance de sucesso? (….)

Não é engraçado como
queremos sempre as cadeiras da frente no teatro ou num show, mas
sempre
sentamos no fundo da igreja?

Não é engraçado como precisamos de
2 ou 3 semanas de antecedência para agendar um compromisso na igreja, mas
para outros programas estamos sempre disponíveis?

Não é engraçado como temos
dificuldade de aprender a evangelizar e como é fácil aprender e contar a
última fofoca?

Não engraçado como acreditamos nos jornais, mas questionamos
a Bíblia?

Não é engraçado como todo mundo quer ser salvo desde que não tenha
que acreditar, dizer ou fazer nada?

Não é engraçado como mandamos
milhares de piadas pelo e-mail que se espalham como um incêndio, mas quando
recebemos mensagens sobre DEUS não reenviamos para ninguém?

NÃO É ENGRAÇADO?

Você está pensando? (tô…)

Não é engraçado?

Não, não é engraçado, é triste PRECISAMOS
TER MAIS
INTIMIDADE COM DEUS!!!!

Publicado em Diversos, mensagens do dia | 2 Comentários